Coaching: Um estilo de vida!

Coaching é a profissão que mais cresce no mundo e a segunda do Brasil. Há uns 15 anos vem ganhando espaço no nosso país e aguçando a curiosidade de muitos. Os depoimentos favoráveis das pessoas que já se submeteram ao processo de coaching são cada vez mais frequentes e enfáticos nos resultados positivos que o processo traz.

E o que faz um profissional de coaching? O Coach é um especialista em desenvolvimento humano responsável em apoiar e assessorar o cliente a identificar seus objetivos e traçar caminhos e estratégias para alcançá-los. Coaching também pode ser compreendido, portanto, como um processo de autoconhecimento, por meio do qual o cliente vivencia uma experiência reveladora e transformadora, através de técnicas, ferramentas e um método essencialmente socrático.

Coaching é adequado para pessoas que buscam melhoria de performance, seja na vida pessoal ou profissional. Encaixa-se perfeitamente para pessoas que estão em um momento de transição de carreira, para quem busca desenvolvimento de competências ou deseja alavancar seu potencial de crescimento. Adequa-se também para quem deseja desenvolver um planejamento de desenvolvimento individual, desde a revisão de seus valores, missão de vida, seus talentos, objetivos, sonhos e grandes aspirações.

São por esses motivos e outros que muitos profissionais têm descoberto também no coaching uma grande oportunidade de atuação como carreira. Para se tornar um coach, é necessário um curso de certificação em coaching, onde os participantes são treinados nos conceitos, ferramentas e técnicas e, sobretudo, são desafiados a aderir a um novo estilo de vida.

Assumir este “estilo de vida coaching” seria assumir mais responsabilidade da sua própria vida, sem jamais transferir para terceiros as consequências das suas escolhas e ações. Seria assumir uma vida alimentada de sonhos e planos, sintonizada com seus talentos e fortalecida por uma constante busca de sentido. Inspira-me a frase do filósofo brasileiro Mario Sergio Cortella: “Stress é o que sentimos após um dia sem sentido e cansaço é o que sentimos após um dia cheio de sentido”.

Vale ressaltar que o coaching não nos garante uma vida só de flores, sucessos e vitórias, mas também considera o sacrifício, o esforço, a renúncia e a disciplina como caminhos essenciais para o alcance dos nossos propósitos de vida. Um “estilo de vida coaching” tem o futuro como sua maior inspiração, o presente como sua maior oportunidade e o passado como sua maior fonte de aprendizado.

É fato que o coaching não é uma novidade da humanidade. A psicologia, a filosofia, a sociologia e a espiritualidade vivenciada nas diversas religiões sempre nos convidaram a mergulhar nas profundezas da natureza do homem e de suas relações. O coaching alimenta-se de muitos destes fundamentos antecessores, mas traz uma contribuição adicional de metodologia e estrutura no processo, com começo, meio e fim, que permite acelerar o alcance dos resultados almejados.

O coaching não é, portanto, o único caminho de desenvolvimento humano, mas apresenta-se como uma preciosa alternativa para ajudar muitas pessoas a encontrar seu espaço no mundo e a viver uma vida de realizações e resultados surpreendentes!

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.